Produção Artesanal

separador

O SEGREDO DO LICOR de Ginja d’Óbidos “Vila das Rainhas” começa no ginjal, onde é produzido e colhido o fruto. Depois de criteriosamente seleccionada a ginja, já nas instalações da Frutóbidos, é colocada numa infusão alcoólica. Após estágio prolongado, o fruto é devidamente preparado, para ser posteriormente misturado com as caldas de açúcar.

Antes da filtragem e posterior engarrafamento, todo o licor é sujeito a análises laboratoriais, as quais permitem assegurar o cumprimento das especificações do produto. O sucesso do Licor de Ginja d`Óbidos “Vila das Rainhas”, está na essência do fabrico artesanal, sem corantes nem aromatizantes, obtendo-se um néctar de cor rubi e sabor aveludado, o qual deve ser consumido a uma temperatura de 14ºC ou 15ºC.

Dependendo da preferência do consumidor, as garrafas do Licor de Ginja d’Óbidos “Vila das Rainhas” podem conter ou não o fruto, que é meramente decorativo, sendo seleccionadas para o efeito as mais bonitas e apetitosas ginjas da colheita.